18.5.11

A porta ao lado...!!

Temos um nível de exigência absurdo em relação à vida; queremos que absolutamente tudo dê certo, e que, às vezes, por aborrecimentos mínimos, somos capazes de passar um dia inteiro de cara amarrada. Todo dia em nossas vidas passamos por isso. É quando um vizinho estaciona o carro muito encostado ao seu na garagem (ou pode ser na vaga do estacionamento do shopping). Em vez de simplesmente entrar pela outra porta, sair com o carro e tratar da sua vida, você bufa, pragueja, esperneia e estraga o que resta do seu dia. Este é um bom exemplo do que torna a vida de algumas pessoas melhor, e de outras, pior. Tem gente que tem a vida muito parecida com a de seus amigos, mas não entende por que eles parecem ser tão mais felizes. Será que nada dá errado pra eles? Dá aos montes. Só que, para eles, entrar pela porta do lado, uma vez ou outra, não faz a menor diferença. O que não falta neste mundo é gente que se acha o último biscoito do pacote. Que "audácia" contrariá-los! São aqueles que nunca ouviram falar em saídas de emergência: fincam o pé, compram briga e não deixam barato. Alguém aí falou em complexo de perseguição? Justamente. O mundo versus eles. Eu entro muito pela outra porta, e às vezes saio por ela também. É incômodo, tem um freio de mão no meio do caminho, mas é um problema solúvel. E como esse, a maioria dos nossos problemões podem ser resolvidos assim, rapidinho. Basta um telefonema, um e-mail, um pedido de desculpas, um deixar barato. Eu ando deixando de graça... Pra ser sincero, vinte e quatro horas têm sido pouco pra tudo o que eu tenho que fazer, então não vou perder ainda mais tempo ficando mal-humorado. Se eu procurar, vou encontrar dezenas de situações irritantes e gente idem; pilhas de pessoas que vão atrasar meu dia. Então eu uso a porta do lado" e vou tratar do que é importante de fato. Eis a chave do mistério, a fórmula da felicidade, o elixir do bom humor, a razão por que parece que tão pouca coisa na vida dos outros dá errado." Quando os desacertos da vida ameaçarem o seu bom humor, não estrague o seu dia... Use a porta do lado e mantenha a sua harmonia. Lembre-se, o humor é contagiante - para o bem e para o mal - portanto, sorria,e contagie todos ao seu redor com a sua alegria. A "Porta ao lado" pode ser uma boa entrada ou uma boa saída... Experimente !!!


Por Dráuzio Varella



5 comentários:

Bruno Gomes disse...

Tem gente que ainda acha que ser feliz é não ter problemas.
A ausência de problemas não traz felicidade, e sim a sua forma de lidar com eles.

A prova disso é que há pessoas que são cheias de desafios para solucionar, e nem por isso se permitem perder a alegria de viver.
Ao passo que há outras cujas vidas são marés mansas e vivem infelizes, amarguradas, de mal com elas mesmas, etc.

Sobre o texto, o problema é que nós queremos estar sempre com a razão.
Ao invés de solucionar de forma pacifica o conflito, nós queremos deixar claro para todos que fomos vítimas e que estamos com toda a razão.

É quando o estar sempre com a razão se torna incompatível com o ser feliz.

Abraços!

Mariane Magno disse...

Poxa muito bom o texto, e é verdade.. se não aprendermos que temos que passar por cima do que nos deixa estressado viveremos sempre assim de mal humor.
"Alguém aí falou em complexo de perseguição? Justamente. O mundo versus eles"

Amei esse trecho, muitas vezes acreditamos realmente que tudo e todos estão contra nós só porque as coisas não deram certo como o planejado. Paciência né verdade? Bola pra frente que atrás vem gente, não dá pra ficar chateado sempre.

E ser feliz é realmente saber encontrar essa portinha ao lado.
Beeijos

Fernand's disse...

verdade...
é um gasto de energia contra nós mesmos. desnecessariamente. puro boicote.

quando a genet consegue limpar os olhos e abster essas coisinhas, tudo fica tão bom, tão leve.

eu tento. sempre.
juro que tento!



=)


um bj, querida.

Madonna Turnner Cardoso disse...

Temos que nos poupar, pra que se estressar com tudo? pra que levar tudo a ferro e fogo? A vida é muito curta e não podemos perder tempo com tantas coisas banais. E de problemas ninguém é isento e não é por isso que você deve sair por aí descontando isso em outras pessoas!


beijos

Michelle Soto disse...

*-* fiz uma visitinha :*
estou te seguindo =)

parabens pelo blog, adorei!

Mii.