5.6.11

Banalização do Amor!!



- A palavra amor (do latim amor) presta-se a múltiplos significados na língua portuguesa. Pode significar afeição, compaixão, misericórdia, ou ainda, inclinação, atração, apetite, paixão, querer bem, satisfação, conquista, desejo, libido, etc.

A cada dia que passa vejo que a banalização dos sentimentos vem aumentando, e o amor - que é o sentimentos mais lindo de todos, é o que  vem sendo mais maltratado. Amar e ser amado de forma verdadeira, não é para todos, e  o que mais vemos hoje em dia são pessoas que se amam em tão pouco tempo, que acabam enganando a si mesmo e até  a outra pessoa.
O amor verdadeiro pelo próximo está ficando cada vez mais em segundo plano nas vidas de muitas pessoas  e com isso o romantismo vai perdendo a sua verdadeira essência. O que todos nós desejamos é ver sinceridade nas palavras das pessoas, e muito mais ações que possam transmitir toda a autencidade de um sentimento.
Posso até estar enganada quanto a banalização, mas só entra no meu coração aqueles que me conquistaram de verdade,os que me fazem bem, os que sabem me agradar com atitudes simples e aqueles  que  conseguem passar sinceridade através de gestos ou palavras. Óbvio que não precisamos conquistar tudo isso de uma vez só, basta um pouquinho, porque a nossa felicidade está nos pequenos detalhes, e infelizmente hoje em dia são esses pequenos detalhes que faltam para as pessoas aprenderem que o amor é o único sentimento que dá sentido à nossa vida.



' O nosso amor a gente inventa
Pra se distrair
E quando acaba a gente pensa
Que ele nunca existiu...'

Cazuza







10 comentários:

Mariz disse...

Vc tem razão, o amor está banalizado mesmo, todo mundo diz "eu te amo" a toda hora, sem nem mesmo sentir, apenas por falar...é um sentimento tão puro e tão verdadeiro, q faz tão bem e poucos conhecem.
Ótimo texto!

beijos e ótima semana!

Mariz

Bruno Gomes disse...

O verdadeiro amor se esforça por amar mesmo não amado.
E isso, gostemos ou não, implica em muita coisa rsrs

A principal seria: se alegrar em ver a pessoa amada feliz.
O problema é que isso também implica em várias outras coisas rsrs

Por exemplo:
Amá-la mesmo ela não amando você;
Amá-la mesmo ela amando outra pessoa;
Amá-la mesmo ela se relacionando com outra pessoa;
Amá-la mesmo quando ela não pensa em você;
Amá-la mesmo quando ela se diverte sem você;
Amá-la mesmo quando ela quer ter você apenas como um amigo(a).
E por aí vai...

O ideal seria sempre termos o nosso amor correspondido.
Mas, caso isso não ocorra, certamente não vamos ficar bitolados em um amor por alguém que ama outrem e tem outro relacionamento.
Naturalmente vamos procurar ser felizes de outra forma, ou com outra pessoa que também nos ame.

Mas no compromisso de ver a pessoa amada feliz, o verdadeiro amor sofre, mas não se magoa nem se ressente caso ela (ele) opte por ser feliz com outro alguém.

Eu sei que falar isso é fácil rsrs
E viver isso é como beber um cálice de ácido fervente!

Mas, na intenção de viver o amor no seu conteúdo divino, e não o amor amesquinhado pelas paixões humanas, esse é o esforço a ser desenvolvido.

Amar a pessoa e esperar vê-la feliz, mesmo não sendo conosco.

Beijos.

Everson Russo disse...

Infelizmente chegamos a esse ponto, banalizamos o mais puro dos sentimentos, antigamente, era difícil dizer eu te amo, assim como também ouvir de alguém que não esperávamos, hoje em dia, diz se eu te amo por apenas uma noite, e se perde a verdadeira essência do sentimento,,,grande beijo de boa semana pra ti.

Pedro Menuchelli disse...

O amor tem sido uma espécie de "Bom Dia" só que de uma forma mais bonita. É incrivél a quantidade de pessoas que vejo falando que ama, sem ao menos conhecer. Amor é algo utlizado apenas se convém pra conhecer uma pessoa e ficar com ela por um dia, quando se esquece que uma vida é mais importante. Ótimo texto, todas as pessoas deveriam ler.

Um grande beijo!

Cáh disse...

o amor está então no silêncio dos atos.



Um beijo enorme pra ti, obrigada pela visita!

♪ Sil disse...

Thay, lindeza de menina!

E bota banalização nisso.
Dizer EU TE AMO, virou a mesma coisa que dizer bom dia!

Que pena isso.

Um beijoooo e uma semana bem bonita!

Dé Mattos disse...

Bem verdade Thay. Eu acho que as pessoas andam vazias demais e por isso gritam o amor, como se ele fosse verdadeiro para preencher as próprias lacunas. Só que aqui que não é de verdade tende a sempre cair. É inevitável.
Um beijo menina, apareça sempre no meu blog! Adorei a visita!

Patrícia ♥ disse...

Tem selinho pra vc no meu Blog (:

Beijoos!!

http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/selinho-comemorativo-400-seguidores.html

C. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
C. disse...

Até um tempo atrás achava que sair dizendo love you era banalizacao, agora nao acho, a gente tem que emanar amor, nao tem?

beijinhos, e parabéns, o texto é lindinho!